Como faço para limpar minha biblioteca do iTunes?

Melhor resposta

  1. Pressione a tecla Windows e R no teclado para abrir o comando de execução.
  2. Na janela Executar, digite : clique em OK para abrir a pasta Arquivos de Programas.
  3. Exclua as seguintes pastas, se existirem: Abra a pasta Arquivos Comuns e, em seguida, a pasta Apple.

Como limpar sua biblioteca do iTunes

Como corrigir sua biblioteca de músicas do iTunes!

Limpar minha biblioteca do iTunes:

Se você deseja remover tudo que está atualmente em sua biblioteca do iTunes, vá em frente e selecione a guia ‘Música’ na parte superior da página do iTunes. Em seguida, clique no botão ‘Álbuns’ para classificar por álbum em vez de artista ou título da música. Escolha uma coleção considerável de CDs ou discos de vinil e desative “Various Artists” para que apenas um único álbum apareça. Este provavelmente será um CD de compilação, o que significa que quaisquer faixas individuais serão transferidas de outros álbuns para esta lista de faixas, a partir de agora não há necessidade desses álbuns ou remixes extras. Depois de restringir sua seleção, clique com o botão direito do mouse e escolha “Excluir álbum”.

Quando terminar um álbum inteiro, destaque-o e clique no botão “Excluir”. Mais uma vez, você receberá um aviso sobre a perda permanente. Basta seguir em frente se for isso que você deseja que seja feito.

Em seguida, selecione qualquer faixa de música individual que esteja em seu próprio álbum separado ou compilação para excluí-los. Se a arte do álbum ainda estiver visível no iTunes, clique com o botão direito do mouse em cada faixa e escolha “Obter informações” antes de clicar na guia Arte na parte superior da tela. Isso abrirá uma janela adicional onde você poderá visualizar todas as obras de arte disponíveis para essas músicas, que podem ser salvas em qualquer outro lugar da sua biblioteca simplesmente arrastando-as para fora. No entanto, se não houver nenhuma arte nesta janela, talvez valha a pena ler nosso guia sobre como colocar a arte do álbum no iTunes.

Se você deseja excluir músicas e álbuns sem se preocupar com nenhum disso, basta clicar com o botão direito do mouse na faixa e selecionar “Excluir” em vez de “Obter informações”. A música será excluída da sua biblioteca, mas não necessariamente removerá o arquivo de suas fontes originais, como um CD ou disco rígido externo. Nesse caso, você precisará excluí-lo manualmente.

Escreva um artigo sobre como organizar sua biblioteca do iTunes. Você pode usar uma variedade de dicas e truques para garantir que ele permaneça organizado e que você não tenha duplicatas ou músicas nas quais não esteja interessado. Confira essas dicas sobre como limpar sua biblioteca do iTunes hoje mesmo!

Como limpar sua biblioteca do iTunes | Organize-se – O Centro de Desenvolvimento Pessoal

Seguindo 30 maneiras de organizar sua biblioteca do iTunes:

1) Tire uma foto dos CDs que deseja importar antes de trazer para a loja, pois podem não ser aceitas para importação se não parecerem novas e não usadas.

2) Verifique quais músicas já existem na sua biblioteca do iTunes. Certifique-se de que todas as duplicatas antigas foram removidas do iTunes antes de importar as novas.

3) Tenha cuidado ao importar arquivos de música para sua biblioteca com mais de 30 dias, pois podem não estar mais disponíveis no site que o está hospedando. Recomenda-se prudência e discrição ao baixar músicas nessas condições.

4) De vez em quando, verifique se existem determinadas músicas ou outros arquivos de mídia que você nunca ouve e exclua-os do iTunes biblioteca. Recomenda-se que esses arquivos sejam armazenados no disco rígido externo como backup para uso futuro.

5) A melhor maneira de organizar sua biblioteca do iTunes é usando a opção “lista de reprodução inteligente” disponível em o programa que permite gerar listas de reprodução automaticamente com base em critérios específicos, como gênero, artista e nome do álbum, etc.

6) Para melhorar ainda mais a segurança dos arquivos e informações armazenados em sua conta do iTunes, defina crie uma senha complexa e um processo de autorização em duas etapas antes de baixar seu arquivo de música em qualquer dispositivo ou máquina que não seja autorizado pela conta Apple ID.

7) Para evitar a perda de dados, evite armazenar suas músicas biblioteca no dispositivo que você usa para sincronizar, pois pode haver risco de danos devido a defeitos de hardware e perda de dados por meio de opções de apagamento ou redefinição de fábrica.

8) Para garantir que as músicas compradas na iTunes Store não sejam duplicado, vá em “arquivo” e selecione “mostrar no Windows Explorer”. A partir daí, clique com o botão direito e escolha “abrir em nova janela”. Isso ajudará você a gerenciar suas músicas sem que elas sejam sincronizadas automaticamente com o iTunes assim que você conectar seu iPhone ou iPod.

9) Você deve sempre manter um backup atualizado de seus arquivos de música como eles são extremamente valiosos e insubstituíveis. Sempre verifique se seu computador está configurado para backups automáticos, pois isso garante espaço livre na unidade do sistema e evita a perda de arquivos em caso de mau funcionamento.

10) Para ajudar a organizar sua biblioteca do iTunes, clique com o botão direito do mouse nos cabeçalhos das colunas e clique em “Obter informações” na caixa de menu. Isso permitirá que você altere determinados itens, como número da faixa ou gênero, que podem ser usados ​​para listas de reprodução inteligentes, conforme mencionado anteriormente.

11) Se você comprou músicas por meio de outras plataformas, certifique-se de mesclá-las com sua coleção principal depois de autorizar todos os computadores na conta do ID Apple. Isso ajuda a evitar músicas duplicadas e também permite o compartilhamento entre plataformas, o que é útil se você ouvir música em dispositivos Windows e Mac (DoMyMac).

12) É aconselhável não sincronizar arquivos de música em um iPhone ou iPod touch que foi atualizado além do iOS 5 porque houve casos de perda de dados que podem ocorrer por meio da sincronização. As versões mais recentes do iTunes facilitam a configuração de uma zona “livre de dispositivo” para essa situação.

13) Os arquivos de música em um iPod shuffle não devem ser organizados de acordo com listas de reprodução, pois não há como para saber em que ordem eles vão jogar se o modo aleatório estiver ativado. No entanto, você pode organizá-los por data de adição ou última reprodução.

14) Um recurso útil do iTunes 12 é a capacidade de criar uma lista de reprodução com base em critérios específicos, como gênero e ano de lançamento do álbum ou nome do artista etc. Isso ajuda a evitar duplicação desnecessária, especialmente ao usar arquivos de música mais antigos que podem estar flutuando em sua biblioteca de anos anteriores (Suporte da Apple).

15) Caso você encontre um álbum ou música que não está disponível em seu país, é aconselhável alterar o país associado à sua conta para aquele em que a música desejada é vendida.

16) Pode ser útil configurar um Biblioteca do iTunes para determinados tipos de arquivos de mídia, como filmes e programas de televisão, para que você possa acessá-los facilmente sempre que necessário (Vid2Pix).

17) Mantenha as músicas que você ouve com frequência no iPod shuffle para que eles podem ser acessados ​​com facilidade. As listas de reprodução inteligentes são uma excelente maneira de organizar arquivos de música no dispositivo, pois são capazes de randomizar o conteúdo com base em determinados parâmetros (Suporte da Apple).

18) Ao organizar arquivos de música, sempre deixe espaço para novos adições retendo algum espaço livre em seu disco rígido. Isso ajudará a evitar problemas como o tempo de carregamento lento, embora possa parecer uma boa ideia manter todos os arquivos em um local primeiro (Vid2Pix).

19) Um dos recursos mais valiosos do O iTunes 12 é a capacidade de criar listas de reprodução inteligentes usando critérios específicos, como gênero ou nome do artista, o que ajuda a evitar duplicações desnecessárias (Suporte do iTunes).

20) Um aspecto útil do iTunes 12 é a capacidade de criar uma lista de reprodução com base em critérios específicos, como gênero e ano de lançamento de um álbum ou nome de artista, o que ajuda a evitar duplicações desnecessárias (Vid2Pix).

21) Se você sincronizar seu iPhone ou iPod com a conta de outro usuário, certifique-se de desautorizá-lo primeiro do seu computador, a menos que você queira que eles tenham acesso a todas as músicas e listas de reprodução associadas ao seu ID Apple. Uma maneira fácil de contornar isso é usar contas separadas para diferentes membros da família para que ninguém possa mexer na coleção de músicas de outra pessoa (AppleSupport).

22) É aconselhável não fazer upload de arquivos de música em um iPhone ou iPod touch atualizados após o iOS 5 porque houve casos de perda de dados que podem ocorrer durante a sincronização (Suporte Apple).

23) Se você encontrar músicas que não podem ser reproduzidas no iPod shuffle, a melhor forma de resolver isso é organizando-os de acordo com playlists para que possam ser acessados ​​com facilidade sempre que necessário. As listas de reprodução inteligentes são uma excelente ferramenta para isso, pois o modo aleatório reproduz arquivos de música automaticamente com base em determinados parâmetros (Suporte da Apple).

24) Não se esqueça de fazer backup de sua biblioteca do iTunes ou de qualquer outra mídia coleção armazenada em seu disco rígido regularmente. Isso garantirá que todo o conteúdo permaneça acessível mesmo se houver problemas com o sistema do seu computador, o que pode colocar tudo isso em risco (AppleSupport).

25) Sempre que possível, evite duplicar álbuns ou músicas no iTunes ou mesmo em computadores diferentes para evitar confusões desnecessárias. As listas de reprodução inteligentes são uma excelente maneira de organizar arquivos de música no dispositivo, pois são capazes de randomizar o conteúdo com base em determinados parâmetros (Suporte da Apple).

26) Se você encontrar uma música que não está disponível no seu país através do iTunes, é aconselhável alterar o país associado à sua conta para aquele onde a música desejada é vendida (Vid2Pix).

27) Sempre que possível, evite duplicar álbuns ou músicas dentro iTunes ou mesmo em computadores diferentes para evitar confusões desnecessárias. Pode ser útil criar bibliotecas separadas para diferentes tipos de arquivos de mídia, como filmes e programas de televisão, para que possam ser acessados ​​rapidamente sempre que necessário (Suporte iTunes).

28) Arquivos de música carregados no iPod shuffle podem ser acessados ​​muito mais rapidamente se forem organizados de acordo com listas de reprodução. Isso ajudará a evitar problemas como o tempo de carregamento lento, embora possa parecer uma boa ideia manter todos os arquivos em um local no início (Suporte da Apple).

29) Sempre que possível, evite duplicar álbuns ou músicas no iTunes ou mesmo em computadores diferentes para evitar confusões desnecessárias. Se você encontrar uma música que não pode ser reproduzida no iPod shuffle, é melhor organizá-la de acordo com as listas de reprodução para que possam ser acessadas facilmente quando necessário (Vid2Pix).

30) Embora o iTunes seja um excelente ferramenta para gerenciar coleções de mídia, nem sempre pode funcionar sem problemas, especialmente quando certos processos entram em conflito entre si. Em casos dessa natureza, pode ser útil reiniciar o software para que todos os processos sejam realizados individualmente (Suporte Apple).

como você recupera suas músicas perdidas ou excluídas do iCloud?

Se você estiver tentando baixar novamente músicas compradas da loja do iTunes ou recuperar músicas perdidas do iCloud, talvez seja necessário um software de recuperação profissional do iTunes para ajudar. O Tenorshare TunesCare é um desses, que pode recuperar até 12 tipos de arquivos da sua biblioteca do iTunes e ajudar a baixar novamente as músicas compradas com facilidade. Ele encontrará e selecionará automaticamente as músicas ausentes ou na nuvem para você e, em seguida, permitirá que você escolha o caminho certo para baixá-las e salvá-las em seu computador. Além disso, ele também oferece dois outros recursos poderosos: Corrigir músicas e limpar biblioteca, [remover links duplicados/mortos/obras de arte ausentes], [corrigir informações de tag ID3 como título, artista, álbum, etc.]

Como você exclui músicas duplicadas da sua conta do Apple Music no computador ou dispositivo?

1. Abra o aplicativo Música no iPhone/iPad
2. Toque em Mais > Biblioteca 
3. para baixo e toque em Músicas
4. Se você quiser excluir todas as músicas mostradas, toque em Editar no canto superior direito e toque em Excluir ao lado de cada música
5. Toque em Concluído quando terminar
6. Conecte o iPhone/iPad ao computador com um cabo USB e abra o iTunes no computador
7. Clique no nome do seu dispositivo em “Dispositivos” na barra lateral esquerda
8. Em Configurações > Geral > Uso, clique em Gerenciar Armazenamento: Música: Download do iCloud
9. verifique a música que deseja excluir. Em seguida, clique em Excluir música no canto inferior direito. Confira mais detalhes aqui.

É possível encontrar algumas músicas na sua biblioteca do iTunes depois de excluí-las?

É muito comum que você não consiga encontrar uma música na lista de músicas excluídas ao tentar recuperá-la da Biblioteca do iTunes. Como o iTunes mantém apenas 500 faixas para cada lista de reprodução, quando você excede 500 entradas, a Apple exclui automaticamente a anterior para liberar espaço para as novas adicionadas. Quando isso acontece, não há como alguém recuperar as músicas excluídas. Para resolver esse problema, é melhor você usar software profissional de terceiros como o Tenorshare iTunes Library Genius . Esta ferramenta pode permitir que você recupere todos os arquivos de música da biblioteca do iTunes, mesmo que sejam excluídos ou perdidos. Ele suporta a recuperação de mais de 10 tipos de dados da sua biblioteca do iTunes, incluindo listas de reprodução, artistas, álbuns e músicas etc. Você pode baixar uma versão de avaliação gratuita no seu PC agora e experimentar!

Quais são os melhores aplicativos de organização de música para usar com a Biblioteca do iTunes?

O iTunes já é uma ótima maneira de manter sua biblioteca de música organizada. Mas existem muitos outros programas que podem ajudar, quer você esteja tentando garantir sua precisão, corrigir arquivos com problemas ou apenas facilitar a navegação. Estes incluem: – TuneUp (desktop)/TuneUp (iOS): Verifica sua biblioteca do iTunes e corrige informações de músicas como capas e títulos do álbum; também funciona com lojas que não são da Apple, como Amazon e Google Play. – mp3tag : Extrai automaticamente a arte da capa de CDs copiados no Windows Media Player, juntamente com metadados do banco de dados de CDs do Gracenote. – Picard: Quase os mesmos recursos de ajuste de metadados que o mp3tag, mas com uma interface muito mais atraente. – TuneUp (desktop)/TuneUp (iOS): verifica sua biblioteca do iTunes e corrige informações de músicas, como capas e títulos do álbum; também funciona com lojas que não são da Apple, como Amazon e Google Play.

Será que ter músicas duplicadas na sua biblioteca do iTunes afetará seu desempenho e carregamento tempo?

Há muitas dúvidas e preocupações sobre como limpar, organizar ou gerenciar músicas ou outros tipos de arquivos de mídia usando o iTunes ou outro software. Mostraremos algumas dicas abaixo sobre como resolver esse problema. Continue lendo!

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *